quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Os Anjos Cantam


Os Anjos cantam, os anjos cantam:
Glória a Deus nas alturas!
Um Menino nos foi dado:
Glória a Deus nas alturas!
Vinde todos adorar o Menino:
Glória a Deus nas alturas!

Deixo-vos um cânon a três vozes. Fica apenas a indicação que para terminar a três vozes é fundamental que a voz que está a cantar a segunda melodia (II) termine na nota sol. Se não for possível executá-la na oitava indicada, pode ser cantada uma oitava acima, mas nesse caso não se cante simultaneamente a nota ré. 

Espero que gostem! FELIZ NATAL A TODOS!





quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Cânon


Sombrios profetas do exílio abandonai vosso vestido cinza
Pois o Filho do Homem na véspera da sua morte
Se sentou à mesa entre homens
E abençoou o pão e o vinho e os repartiu
E aquele que pôs com ele a mão no prato o traiu
E uma noite inteira no horto agonizou sozinho
Pois os seus amigos tinham adormecido
E no tribunal esteve só como todos os acusados da terra
E muitos o renegaram
E à hora do suplício ouviu o silêncio do Pai
Porém ao terceiro dia ergue-se do túmulo
E partilhou a sua ressurreição com todos os homens.

Eis a proposta vencedora do quarto Concurso Ad Antiphonarii Aniversarium.

O texto é da autoria da poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen, um belo poema que recorda os últimos momentos da vida de Jesus e a sua Ressurreição. Na Liturgia, adequa-se melhor à celebração da Missa Vespertina da Ceia do Senhor, em Quinta-feira Santa, mas nada o impede de ser utilizado noutros momentos. 

A obra está pensada para Coro misto a quatro vozes, Órgão e Trompa. Embora não esteja indicado, é possível (e às vezes recomendável) executar as secções da obra a duas vozes iguais (compassos 37 a 61 e 68 a 92) por um pequeno Coro ou solistas. Também é possível transpor a melodia ou partes da melodia da Trompa de modo a ser executada por outro instrumento. Deixo-o ao critério dos maestros, apenas peço que respeitem a coerência das frases melódicas. 

Será publicada oportunamente uma versão somente para Coro e Órgão.

Espero que gostem!




PARTITURA COMPLETA


TROMPA


quarta-feira, 1 de outubro de 2014

IV Ad Antiphonarii Aniversarium - Vencedor


FELIZ DIA MUNDIAL DA MÚSICA!!! :D

Encerrou ontem à noite a votação do IV Ad Antiphonarii Aniversarium. Dos 199 votos eis como se distribuíram:

Canon, proposta de Vasco Oliveira da Comunidade da Serra do Pilar: 140 (70%)
Ditosa Estrela, proposta de Mariana Macieira da paróquia de Caminha: 52 (26%)
Os Povos Proclamam, proposta de António Bastos da paróquia de Vila Chã: 7 (4%)

Podem ver o texto da proposta vencedora AQUI. A partitura será publicada em breve.

Obrigado a todos os que seguem e apoiam o percurso do Antiphonarium!
Um agradecimento especial àqueles que têm a coragem de interpretar as minhas músicas!

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Aleluia! - Vídeo

Olá a todos!

Foi com muita alegria que fiquei a saber que uma das minhas composições foi utilizada numa celebração transmitida pela rádio.

Agradeço ao maestro Simão Cardoso e ao Coro de Jovim!

Deixo-vos o vídeo disponível no YouTube. Espero que gostem!

terça-feira, 16 de setembro de 2014


O Antiphonarium completa hoje mais um aniversário! Já são quatro! Para celebrar abre hoje a votação do IV Concurso Ad Antiphonarii Aniversarium. São estas as propostas:


CANON - Hino Litúrgico para a Missa Vespertina da Ceia do Senhor para Coro SATB, órgão e trompa, proposto por Vasco Oliveira da comunidade da Serra do Pilar, diocese do Porto. 

DITOSA ESTRELA - Hino da Liturgia das Horas para a Festa da Epifania do Senhor para Coro SATB, órgão, flauta, oboé e metalofone, proposto por Mariana Macieira da paróquia de Caminha, diocese de Viana do Castelo.

OS POVOS PROCLAMAM - Cântico Processional para a Solenidade de Todos os Santos para Coro SATB, órgão e trompete, proposto por António Bastos da paróquia de Vila Chã, diocese do Porto,

(para ver as propostas completas, clicar sobre o seu título) 


Para votarem é só preciso clicar no título de uma das propostas na barra lateral do blog e depois em "Votar". A votação encerra dia 30 de setembro às 24h, sendo o vencedor divulgado no dia 1 de Outubro. Como prometido, a proposta vencedora será musicada por mim, segundo as indicações e estrutura aqui apresentadas.

É do meu conhecimento que há várias maneiras de desvirtuar a votação e mesmo que procurasse outros métodos, haveria sempre alguma maneira de o fazer. No fim, esta é apenas uma maneira de celebrar convosco o percurso que o Antiphonarium vai fazendo e fico triste ao ver suspeitas de desonestidade a ele associadas. Por isso, peço a todos os que votam uma atitude de respeito e honestidade perante a votação. 

Obrigado a todos pelo apoio! 
Espero ajudar a melhor celebrar e viver da Fé através da Música! Votem!

sábado, 16 de agosto de 2014

IV Ad Antiphonarii Aniversarium



Aproxima-se mais um aniversário do Antiphonarium. Para celebrá-lo promovo mais uma vez o Concurso Ad Antiphonarii Aniversarium. As regras do concurso são as mesmas dos anos anteriores. Há um texto que gostariam de ver musicado? Enviem-no para antiphonarium@hotmail.com juntamente com o vosso nome, paróquia e mais alguns dados até 15 de setembro. Consultem o regulamento completo AQUI. 

No dia seguinte, 16 de outubro, será aberta aqui no Antiphonarium a votação das três propostas enviadas mais aliciantes...

Espero que participem e se divirtam!

terça-feira, 6 de maio de 2014

O Bom Pastor


Quando Te encontro descanso,
Tu reconfortas minha alma.
Por teus caminhos me guias
para louvor do teu nome.
Não temerei os perigos
pois sei que Tu estás comigo.
O teu festim me conforta,
faz-me cantar de alegria.
Tua bondade me ajuda
no viver de cada dia.
Minha morada para sempre
seja tua casa Senhor.

Cristo Senhor, és o guia, 
o Bom Pastor que me conduz, 
minha vida e minha luz.

Aqui fica a minha harmonização desta melodia tradicional alentejana a pedido de Carla Costa, responsável pelo Grupo Coral da Paróquia de N.ª Sr.ª da Conceição de Idanha-a-Nova. Adequa-se perfeitamente à liturgia do IV Domingo do Tempo Pascal, dedicado ao Bom Pastor, mas também a várias outras celebrações. 
No caso de não ser possível executar o acompanhamento para órgão com a pedaleira, esta deve substituir o que está escrito para a mão esquerda. 

Espero que gostem!




quinta-feira, 6 de março de 2014

Eu Vos Procuro Senhor


Eu Vos procuro, Senhor! Não afasteis de mim a vossa face...
O Senhor cobrir-te-á com suas penas, 
debaixo das suas asas encontrarás abrigo.
Eu Vos procuro, Senhor! Não afasteis de mim a vossa face...
Vós sois o meu refúgio, não Vos afasteis, Senhor.

Como já puderam reparar não tenho o hábito de associar um cântico a determinado momento da celebração, mas prefiro classificá-los segundo a sua forma. Aqui está um exemplo. Este Cântico Processional pode ser utilizado tanto para acompanhar a procissão de Entrada do II Domingo da Quaresma, como, quando utilizado na totalidade, a Comunhão do I Domingo da Quaresma. 

Tudo começa com o pedido do Soprano "Não afasteis de mim a vossa face." a quem o Baixo responde confiadamente "O Senhor cobrir-te-á com suas asas.". É importante que se note a diferença de andamento e intensidade entre estes dois momentos. Depois da suspensão do compasso 32, o Soprano reexpõe o tema, mantendo a última nota enquanto as restantes vozes cantam. Esta nota deve ser acentuada no início e depois ir esmorecendo até ao silêncio, deixando que a melodia do Alto sobressaia. 

Quanto aos versículos, chamo a atenção para as notas entre parêntesis do terceiro sistema que apenas devem utilizadas no segundo e terceiro versículos. No segundo sistema, aconselho a uma breve pausa na mudança de acorde do recitativo, para se poder saborear o acorde diminuto. 

Espero que gostem!




Versão Completa

Refrão e Versículos


quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Recebemos do Senhor

Recebemos do Senhor um mandamento novo.
Amemo-nos uns aos outros como Ele nos amou.

A pedido de Joel Maia, diretor musical do coro Exsultate Deo de Vila do Conde, deixo aqui esta harmonização coral a quatro vozes mistas (Soprano, Alto, Tenor e Baixo) do cântico Recebemos do Senhor do pe. Manuel Luís.

Este cântico adequa-se não só para o próximo VII Domingo do Tempo Comum, mas também para a celebração da Missa Vespertina da Ceia do Senhor em quinta-feira Santa.

Espero que gostem!



segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Adeste Fideles - Stella Duce Magi


Adeste fideles, laeti triumphantes.
Venite, venite in Bethlehem.
Natum videte, regem angelorum.

Stella duce Magi, Christum adorantes.
Aurum, thus et myrrham dant munera.
Iesu infanti corda praebeamus.

Venite adoremus Dominum. 

Aqui está a última variação do hino Adeste Fideles. Peço desculpa pelo atraso, mas não me foi possível fazer esta publicação ontem. Agora é um coro feminino a 3 vozes quem dialoga com um solista masculino (Tenor ou Baixo). À semelhança da publicação anterior, é minha intenção que cada naipe do coro a vozes iguais tenha 3 a 5 cantores no máximo. Por favor, evitem a prática de alguns coros de distribuir as três vozes entre os Sopranos (I), os Altos (II) e as vozes masculinas (III), cantando estas sempre a mais de uma oitava de distância das outras vozes. 
Na impossibilidade da parte coral ser apenas cantada por vozes femininas é possível que a voz mais grave (III) seja cantada por Tenores, cantando a melodia no seu registo agudo. Nesta situação, pode ser necessário transpor todo o cântico para manter a afinação. 
Espero que gostem!





OUTRAS VERSÕES:
Cantus Firmus no Alto disponível AQUI
Cantus Firmus no Baixo disponível AQUI
Coro Masculino a 3 vozes com solista disponível AQUI
Harmonização a 4 vozes mistas disponível AQUI

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Adeste Fideles - Ergo Qui Natus


Adeste fideles, laeti triumphantes.
Venite, venite in Bethlehem.
Natum videte, regem angelorum.

Ergo qui natus die hodierna,
Iesu, Iesu tibi sit gloria. 
Patris aeterni Verbum caro factum.

Venite adoremus Dominum. 

Esta proposta está pensada para coro masculino a 3 vozes em diálogo com uma solista feminina (Alto ou Soprano). A minha intenção é mesmo que esteja um grupo pequeno em cada uma das vozes (3 a 5 cantores) de modo a contrastar com o "refrão" executado por todo o coro. Na impossibilidade da parte coral ser apenas cantada por vozes masculinas, é possível que a voz mais aguda (I) seja executada por Altos, cantado a melodia no seu registo grave. Por favor, evitem a prática de alguns coros de distribuir as três vozes entre os Sopranos (I), os Altos (II) e as vozes masculinas (III). 

Espero que gostem!

FELIZ ANO NOVO!





OUTRAS VERSÕES:
Cantus Firmus no Alto disponível AQUI
Cantus Firmus no Baixo disponível AQUI
Coro Feminino a 3 vozes com solista disponível AQUI
Harmonização a 4 vozes mistas disponível AQUI