sábado, 6 de maio de 2017

Rainha dos Céus


Rainha dos Céus, alegrai-vos
Aleluia!
Porque Aquele que mereceste trazer em Vós
Aleluia!
Ressuscitou como disse
Aleluia!
Rogai a Deus por nós
Aleluia!

Deixo-vos uma harmonização feita a pedido do compositor José Gonçalves de uma das suas peças: Rainha dos Céus, a antífona mariana por excelência para o Tempo Pascal. A melodia original está sempre presente na linha do Soprano II. Enriqueci-a com um contraponto crescente que oscila entre texturas a uma, duas, ou até seis partes. 

Algumas indicações práticas. É importante que a divisão entre Soprano I e II seja feita criteriosamente. É necessário encontrar um equilíbrio entre as duas partes de modo que se ouça a melodia mais aguda, mas a melodia mais grave do Soprano seja a mais saliente no meio da textura, uma vez que é a melodia original. Nos últimos compassos, para os coros que tenham um naipe de vozes masculinas maior, a melodia mais grave do Alto pode ser executada pelo Tenor.

Estejam atentos às próximas publicações durante o mês de Maio! 
Algumas surpresas se aproximam...

Espero que gostem!






segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Exultará a Terra Deserta


Exultará a terra deserta, 
exultará a solidão 
e florescerá como o lírio.
O Senhor virá 
salvar com [força e] poder o seu Povo;
veremos a glória do Senhor
e o esplendor do nosso Deus.

Mais um cântico de Advento também harmonizado para Coro SATB e órgão a pedido de Luiz Humberto, maestro do coro litúrgico Capela Musical Altissime Laus. 

Para mim, a ideia musical deste cântico e o despertar que o tempo do Advento nos chama a descobrir, simbolizado no florir de uma flor no deserto. Isto está presente no tratamento polifónico da harmonização, que começa com o coro a uma voz com progressivo desenvolvimento para uma textura a quatro vozes. 

Espero que gostem!




O Senhor Vem e Não Tardará


O Senhor vem e não tardará.
Será luz em nossas trevas
e manifestar-se-á a todos os povo.
O Senhor vem e não tardará.

A pedido de Luiz Humberto, maestro do coro litúrgico Capela Musical Altissime Laus, fiz uma harmonização para coro SATB e órgão deste cântico para o tempo de Advento da autoria de M. Luís.

Foi intencional a forma suspensiva como harmonizei o final do refrão, pois o tempo do Advento é um tempo marcado sobretudo por uma atitude de espera. Aconselho aos organistas que quiserem improvisar uma coda depois da última repetição do refrão a manterem este espírito de expectativa.

Espero que gostem!




domingo, 2 de outubro de 2016

VI Ad Antiphonarii Aniversarium - Vencedor


Encerrou na passada sexta-feira à noite a votação VI Ad Antiphonarii Aniversarium. 
Os 58 votos distribuíram-se do seguinte modo:

Sois a Terra Escolhida, 
proposta por Diogo Figueiredo com 48 votos (83%), ficou em 1º

Um Para o Outro Fostes Criados
proposta por António Bastos com 6 votos (10%), ficou em 2º

Para Tudo Há Um Tempo
proposta por Vasco Silva com 4 votos (7%), ficou em 3º.

O texto da proposta vencedora está disponível AQUI. A partitura será publicada em breve.

Peço desculpa pelo atraso na publicação dos resultados. Às vezes a vida simplesmente acontece...

Obrigado a todos os que seguem e incentivam o Antiphonarium!
Um agradecimento especial aos corajosos que interpretam as minhas composições!

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

VI Ad Antiphonarii Aniversarium - III Proposta


Diogo Manuel Abrantes FIGUEIREDO
Paróquia de Santa Maria Maior, Manteigas, Diocese da Guarda

SOIS TERRA ESCOLHIDA

Cântico de Comunhão do Comum de Nossa Senhora.


ANTÍFONA
Coro SATB e Órgão

Sois terra escolhida e preparada por Deus onde germina o Senhor,
O trigo em Vós semeado tornou-se o pão da vida e o vinho da alegria.

REFRÃO
Assembleia, Órgão, Violino e Flauta Transversal

Grandes coisas se dizem de Vós, ó Maria
De Vós nasceu o Sol da Justiça: Cristo nosso Deus.

ESTROFES
Coro SATB e Órgão

1. O Eterno Semeador lançou a semente na terra fértil,
Dela fez brotar o trigo, regado e fortificado pelo Espírito.
O Espírito a encheu e da terra nasceu um novo fruto,
O fruto mais delicioso, Jesus Cristo.

2. Assim Maria vos tornais a Terra da promessa,
Em Vós se cumpre a vontade de Deus.
Sois a videira que estende os seus ramos pela Terra,
E a onde eles chegam se derrama o vinho da misericórdia.

3. Sois a Mulher forte, a Mãe atenta
Em Canã intercedeis, e a água s transforma em vinho.
Pelo dom do Espírito, na ceia o vinho se transforma em sangue
No sangue gerado no vosso seio.

4. Na cruz vos tornais a Mãe da humanidade,
E todos nós renascemos por este mistério
Do lado do vosso filho saiu a água,
A água que nos torna vossos filhos.

5. Assim permanecemos em oração convosco,
Esperando a vinda daquele que em Vós fez morada.
Vós sois o templo do Espírito
Pedra viva da Igreja do vosso Filho.

Texto da Autoria de Diogo Figueiredo